Muitos estados e municípios possuem programas para incentivar o consumidor a pedir nota fiscal. Se o consumidor (pessoa física) for registrado no programa e pedir para emitir a nota em seu CPF, recebe um crédito em dinheiro no valor de uma fração do imposto gerado pela nota. Esse consumidor, caso queira, pode encaminhar o crédito para uma organização social. As características variam, dependendo do estado e da cidade.

Não é qualquer OSC que pode receber os créditos de nota fiscal, apenas as que se enquadram nas áreas de atuação indicadas pelo governo e que se inscrevem no programa. No caso do estado de São Paulo, as causas autorizadas são assistência social, saúde, educação, defesa e proteção animal, e cultura. 

O maior desafio desta estratégia é como alcançar o consumidor. A forma mais comum é por meio de parcerias com os estabelecimentos que emitem as notas fiscais, sejam de comércio ou de serviço.

O consumidor pode doar os créditos de duas formas diferentes:

  • Não colocar o seu CPF na nota, que será cadastrada para a OSC beneficiada. Neste caso, a OSC deve fazer parceria com o estabelecimento que emite as notas porque ele vai doar todas as notas emitidas sem CPF. Neste caso, a organização beneficiada terá de criar uma estrutura para lançar todas as notas recebidas no sistema. Muitas conseguem realizar esse trabalho com a ajuda de voluntários. Atenção: nem todos os programas de incentivo à nota fiscal permitem esta modalidade. 
  • Colocar seu CPF na nota, mas estar cadastrado no site do programa como doador de uma OSC específica, então os créditos serão automaticamente encaminhados para a beneficiária. Neste caso, a OSC precisa conquistar consumidores que queiram doar os créditos para ela e informar esta decisão ao governo. 

Esta estratégia de captação é interessante por gerar doações recorrentes a partir de um esforço inicial único.  Mas é preciso cuidar do relacionamento com os parceiros, tanto estabelecimentos como consumidores.

As principais desvantagens são a demora na chegada dos recursos – normalmente só são distribuídos duas vezes por ano – e a dependência de um programa de governo que pode mudar a qualquer momento, alterando a forma de fazer a doação, reduzindo o percentual de repasse autorizado ou mudando as causas beneficiadas.

Se você ficou interessado em captar via programas de incentivo à nota fiscal, deve verificar se há algum programa deste tipo na sua cidade ou estado. A seguir separamos dois exemplos:

Nota Fiscal Paulista 

Nota Paraná

Saber mais sobre captação via nota fiscal

Grafismo

Conteúdos que podem acrescentar na reflexão:

Captação via nota fiscal é uma estratégia que facilita o acesso aos doadores individuais (se quiser saber mais, é só clicar nele):

Doadores individuais

AMICD • 23 de fev de 2023

Este tipo de doador requer que se invista em uma estrutura robusta de captação, o que demanda:  Em compensação, os doadores individuais oferecem...

Acessar conteúdo

Você terá mais chances de sucesso na estratégia captação via nota fiscal se tiver as seguintes habilidades/condições:

Trabalha por uma causa popular

AMICD • 9 de mar de 2023

Como são causas abrangentes, é provável que a sua organização se encaixe em algumas delas, mas não basta isso. Além de defender uma...

Acessar conteúdo

Tem uma numerosa rede de contatos

AMICD • 9 de mar de 2023

Portanto, se você tem mapeados seu público e os principais grupos interessados nessa comunidade, como lideranças, empresas e órgãos públicos, já deve ser...

Acessar conteúdo

Tem acesso a celebridades

AMICD • 9 de mar de 2023

Portanto, se sua organização tem acesso a uma ou mais celebridades, não deixe de aproveitar essa vantagem para tentar incluí-las em suas estratégias...

Acessar conteúdo

Tem relacionamento com o comércio varejista

AMICD • 9 de mar de 2023

Supermercados, farmácias, padarias e mesmo aquela pequena loja próxima à sua organização podem se transformar em valiosos pontos de contato com potenciais doadores.  ...

Acessar conteúdo

Sabe de algum conteúdo que deveria estar no Guia?

Contribua com a sua indicação e nos ajude a fazer um guia mais completo, diverso e interessante.

Indique aqui

Compartilhe nas redes sociais

O que você achou deste conteúdo?

Avalie o conteúdo e comente sua opinião sobre o conteúdo.
(necessário fazer login).

Conteúdos relacionados na Plataforma Conjunta

8 princípios da comunicação de causas

Equipe Conjunta • 2 de fev de 2023

Confira o infográfico com 8 dicas fundamentais para comunicação de causas que podem ser aplicados no dia a dia das organizações da sociedade...

3
(1)
0
Acessar conteúdo Favoritar

Minicartilha jurídica: estatutos e atas (Pt. 1)

Equipe Conjunta • 21 de dez de 2022

Conheça o capítulo da Coleção Caminhos de Estatutos e Atas para o desenvolvimento de uma Organização da Sociedade Civil.

0
(0)
0
Acessar conteúdo Favoritar

Caderno de comunicação para o ativismo

Equipe Conjunta • 22 de dez de 2022

Guia de como desenvolver o seu Plano de Comunicação através do papel da comunicação, objetivos, público alvo, canais de comunicação, táticas, monitoramento e...

5
(1)
0
Acessar conteúdo Favoritar

Sabe de algum conteúdo que deveria estar na Plataforma Conjunta?

Contribua com a sua indicação e nos ajude a fazer um site mais completo, diverso e interessante.

Indique aqui Grafismo

Receba as principais informações de gestão para sua ONG.

Nossa News é para gestores, lideranças, pessoas que atuam nas organizações e gostariam de melhorar áreas como comunicação, finanças, jurídica, monitoramento avaliação, captação de recursos entre outras. Além disso, você ficará por dentro de novidades e oportunidades do Terceiro Setor.

    Conteúdos Jornadas formativas
    (Em construção)
    Recursos Financeiros
    (Em construção)