Protocolo SROI: quando utilizar e como interpretar o índice monetário da avaliação de impacto

Equipe Conjunta

4 de set de 2023

Monitoramento e Avaliação

Post

Avançado

Intermediário

0
(0)

Indicado por

Marina Zanin Negrão

Título

Protocolo SROI: quando utilizar e como interpretar o índice monetário da avaliação de impacto

Ano de Publicação

2023

Organizações responsáveis

IDIS - Desenvolvendo o Investimento Social

Autores/ participantes

Olívia Guaranha e Isadora Pagy

Idiomas

Português

Focos geográficos

Nacional

Esse conteúdo é pra mim?

Este conteúdo é para investidores sociais, organizações do terceiro setor e profissionais envolvidos em projetos sociais que buscam entender e aplicar o protocolo SROI (Social Return on Investment) para avaliar o impacto social de suas iniciativas.
O texto aborda a avaliação de impacto social em projetos sociais. Investidores sociais e organizações do terceiro setor envolvidos em filantropia comunitária podem utilizar o protocolo SROI para medir o impacto de suas doações e investimentos nas comunidades locais.
Também é relevante para aqueles que desejam compreender quando e como utilizar o SROI, bem como interpretar os resultados obtidos, destacando a importância de considerar as particularidades de cada projeto e seus objetivos estratégicos. Além disso, destina-se a organizações que buscam orientações sobre como realizar avaliações de impacto de maneira eficaz e estratégica.
Investidores sociais e organizações do terceiro setor envolvidos em filantropia comunitária podem utilizar o protocolo SROI para medir o impacto de suas doações e investimentos nas comunidades locais.

Esta publicação aborda o SROI (Social Return on Investment), protocolo de avaliação que pode atrair investidores sociais e organizações do terceiro setor, pois utiliza métodos qualitativos e quantitativos para identificar, qualificar e monetizar o impacto social.

Esse processo permite que investidores e organizações compreendam os impactos positivos e, eventualmente, negativos, que geram nas comunidades onde atuam, a partir da perspectiva dos beneficiários.

A Social Value International estabeleceu esse protocolo, que engloba pesquisas participativas, como entrevistas, grupos focais e questionários. É importante aplicá-lo em projetos com um número significativo de beneficiários e com disponibilidade de tempo, pois o processo é demorado.

Os resultados incluem não apenas um índice SROI, mas também uma Teoria da Mudança, insights de beneficiários e um relatório avaliativo, que devem ser interpretados considerando as particularidades de cada projeto e seus objetivos estratégicos, não permitindo comparações diretas entre projetos distintos. O SROI é uma ferramenta poderosa para a gestão de projetos sociais, mas sua aplicação deve ser cuidadosamente considerada com base nos objetivos e recursos disponíveis. Investidores sociais e organizações do terceiro setor envolvidos em filantropia comunitária podem utilizar o protocolo SROI para medir o impacto de suas doações e investimentos nas comunidades locais.

Compartilhe nas redes sociais

O que você achou deste conteúdo?

Avalie o conteúdo e comente sua opinião sobre o conteúdo.
(necessário fazer login).

Conteúdos relacionados na Plataforma Conjunta

Institutos e Fundações Comunitárias

Sampaio Ronei • 9 de mar de 2023

Institutos e fundações comunitárias se articulam junto a doadores e governos e dão apoio técnico e financeiro para outras OSCs que atuam nesse...

0
(0)
0
Acessar conteúdo Favoritar

Institutos e Fundações Comunitários

Equipe Conjunta • 23 de mar de 2023

Descubra como os Institutos e Fundações Comunitários desempenham um papel vital no Brasil, conectando doadores, apoiando diversas áreas temáticas e promovendo investimentos sustentáveis...

0
(0)
0
Acessar conteúdo Favoritar

Sabe de algum conteúdo que deveria estar na Plataforma Conjunta?

Contribua com a sua indicação e nos ajude a fazer um site mais completo, diverso e interessante.

Indique aqui Grafismo

Receba as principais informações de gestão para sua ONG.

Nossa News é para gestores, lideranças, pessoas que atuam nas organizações e gostariam de melhorar áreas como comunicação, finanças, jurídica, monitoramento avaliação, captação de recursos entre outras. Além disso, você ficará por dentro de novidades e oportunidades do Terceiro Setor.

    Conteúdos Jornadas formativas
    (Em construção)
    Recursos Financeiros
    (Em construção)